Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Makeup, Books and Movies

Makeup, Books and Movies

Filmes: o que se têm visto por aqui

Pois é, confesso que ainda não vi os filmes, candidatos ou vencedores dos Oscars, porque tempo para ir ao cinema não tem sido muito, mas conforme o tempo me vai permitindo, tenho visto ou revisto alguns filmes em casa. Alguns recentes, outros nem por isso, uns de comédia outros dramáticos e até de animação vi! Aqui ficam os que vi mais recentemente:  

 

Bem este filme, não é bem totalmente dramático, mas também não se pode dizer que seja uma comédia, é uma dramady. É sobre um adolescente que sempre se sentiu deslocada, mas não é o típico filme de patinho feio vira cisne. Mostra mesmo a realidade da adolescência, como podemos ser muito parvos e achamos que somos os únicos incompreendidos. E que na realidade, não sabemos o que é melhor para nós. No fundo é sobre o amadurecimento desta adolescente complicada. 

Este filme é do ator que cometeu a gafe dos Oscars, é realizado e protagonizado por ele. Mas não foi por isso que o fui ver, tinha visto o trailer há uns tempos e gostei.  Têm uma história interessante, mas não foi aquilo que eu achei que ia ser. Acaba por ser a história de um bilionário extravagante de Hollywood e das pessoas que o cercavam. E passa-se nos 50/60. 

Eu confesso, tenho um queda por comédias românticas e não sei se sou só eu, mas parece que já não se fazem filmes deste género como antigamente (pareço uma velha do Restelo a falar), especialmente dos anos 90 e 00. Então apareceu-me este e como acho que só tinha visto uma vez há muito tempo, soube-me muito bem revê-lo.

Que filme mais fofo e giro! A sério, vale a pena ver, porque tem um bela mensagem e vê-se muito bem. O último de animação que tinha visto foi a Dory e achei-o um bocado secante, só acabei de ver mais por obrigação. Mas este não, tinha ação (sim é um filme de animação com perseguições policiais e funcionários públicos corruptos) e uma pessoa quer ver o que a coelhinha destemida vai descobrir a seguir. Ah a melhor parte é quando mostra que os funcionários públicos são os preguiças, muito bom!